contato@levycam.com.br | Contato: (11) 3242-3999 | Ouvidoria: 0800 770 7103
Dólar internacional: os impactos da pandemia no comércio internacional

O dólar internacional, bem como os setores de importação e exportação sofreram fortes impactos devido ao COVID-19. Entenda!

A pandemia causada pelo novo coronavírus modificou radicalmente e de uma hora para a outra a rotina da sociedade e também teve impacto direto na economia mundial. 

Devido ao isolamento social muitas empresas tiveram que interromper suas produções, além disso, como medidas para evitar o contágio da doença, aeroportos e portos marítimos fizeram por um período fechados e agora aos poucos estão retomando as atividades. 

Como consequência disso, as bolsas de valores estão sofrendo diversas oscilações e o FMI Fundo Monetário Internacional já confirmou que o mundo está caminhando para uma recessão econômica maior do que a 2008 devido ao COVID-19. 

Dólar internacional, exportação e importação 

Um dos impactos mais sentidos no Brasil no sentido de exportações se deve a falta de contêineres vazios, pois muitos estão parados na China (maior exportadora de produtos) gerando uma grande escassez. 

Além disso, embarques atrasados ou o cancelamento e os atrasos no embarque estão impactando fortemente o comércio internacional. 

Com a maioria das fronteiras fechadas as exportações aéreas também sofreram com os efeitos da pandemia, uma vez que o dólar internacional teve uma grande alta, aumentando o frete. 

Quais as medidas para isso? 

Como medida para tentar reverter esse quadro, mesmo durante a pandemia que não tem data para acabar o Governo está adotando algumas medidas como: 

  • Zero tarifa de importação para 394 produtos durante a pandemia, incluindo insumos para a produção de materiais e equipamentos de uso hospitalar como ventiladores pulmonares. Tudo isso com o objetivo de ajudar ainda mais no combate a doença; 
  • Foi ampliado para 1.500 dias o prazo máximo a partir de 16/04 para a contratação e a liquidação do contrato de câmbio de exportação;
  • Prazo de 72 horas para a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) liberar a importação de medicamentos para o tratamento do coronavírus. 

Empresa especialista em Comércio Internacional 

A Corretora de Câmbio e Valores Levycam possui profissionais capacitados para ajudar a sua empresa a enfrentar em momento em que estamos vivendo.

Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudá-lo.

Fechar Menu
WhatsApp Fale conosco!