Fale Conosco: (11) 3295-3999

Cenário do Câmbio 04/01/2024

Navegue

Cenário do Câmbio 04/01/2024

Como estão os mercados pouco depois da abertura do pregão (cotações às 10h):

  • Ibovespa cai 0,32%, aos 132.407,38 pontos
  • Dólar sobe 0,07% aos R$ 4,9185 no mercado à vista
  • Juros futuros mostram leve alta

 

Bolsa Brasileira

A valorização das commodities em algumas bolsas do Ocidente não é suficiente para empolgar o Ibovespa, que perde inclusive o patamar conquistado na véspera, quando fechou aos 132.833,95 pontos (+0,10%). Na Europa, os avanços espelham resultados melhores do que o esperado de dados de atividade (PMIs) na região.

Os mercados têm certa cautela após a ata do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), na véspera, deixar de sugerir quando se iniciará o processo de queda do juro básico. Ainda esta manhã são esperados indicadores dos Estados Unidos, com destaque para números do mercado de trabalho, como a pesquisa ADP do setor privado e os pedidos semanais de auxílio-desemprego.

Por aqui, todos os índices setoriais atuam no negativo. Fora do Ibovespa, os papéis de Sequoia seguem embalados, subindo mais de 10% e sendo os mais negociados do pregão. O impulso vem de expectativas por uma fusão da companhia com a Move3. O Broadcast apurou que a empresa de logística prepara uma oferta subsequente de ações (follow-on) de até R$ 150 milhões para financiar a operação.

 

Dólar e Juros

Os ativos domésticos andam “de lado” nesta primeira hora de negociação enquanto investidores aguardam divulgações nos EUA. A moeda americana virou para o terreno positivo com a publicação do relatório ADP de empregos. Já os juros futuros mostram viés de alta. Os preços do petróleo voltam a avançar hoje nos futuros de Nova York e Londres, refletindo o ambiente de tensão geopolítica.

No Brasil, o destaque nesta manhã até agora são os números do crédito. Conforme informou o Banco Central, as concessões dos bancos no crédito livre subiram 4,4% em novembro ante outubro, para R$ 492,8 bilhões. No acumulado dos últimos 12 meses até novembro, o aumento foi de 4,3%. No crédito para pessoas físicas, as concessões subiram 3,2% em novembro, para R$ 275,4 bilhões. Já no caso de pessoas jurídicas, as concessões aumentaram 5,9% em novembro ante outubro, para R$ 217,4 bilhões.

 

Cenário do Câmbio 04/01/2024

Fonte: Agência Estado – Broadcast
Data da publicação: 04/01/2024

Levycam Corretora de Câmbio e Valores. Estamos há mais de 90 anos no mercado de câmbio sempre informando as melhores notícias diárias do mercado financeiro. Para essas e outras noticias do mercado financeiro, acesse nosso área do Blog com mais os mais variados artigos sobre o mercado financeiro.
Aproveite para nos seguir nas redes sociais.

Nosso perfil no Instagram
Nossa página do Linkedin

  • Antecipadamente;
  • Antes de mais nada;
  • A princípio;
  • De antemão;
  • Acima de tudo;
  • À primeira vista;
  • Desde já;
  • Primeiramente;
  • Antes de tudo;
  • Sobretudo;
  • Primordialmente;
  • Em primeiro lugar.
  • Ainda mais;
  • Assim como;
  • Do mesmo modo;
  • Bem como;
  • Contudo;
  • Juntamente com;
  • Apesar disso;
  • Em outras palavras;
  • Nesse sentido;
  • Por exemplo;
  • Seja como for;
  • Todavia;
  • Ainda assim;
  • Porém;
  • Além disso;
  • Em outras palavras;

COMUNICADO

Prezados clientes estamos com instabilidade no e-mail, favor priorizar a comunicação por WhatsApp ou telefone