contato@levycam.com.br

Mercado Cambial

Câmbio: Impeachment e Yellen determinam rumos dos negócios.

O dólar comercial encerrou a quinta-feira perto da estabilidade, mesmo cenário que
se desenhou nos mercados de ações do Brasil e dos Estados Unidos. A cautela tem
sido a palavra de ordem na expectativa do julgamento do impeachment de Dilma e
também do discurso da Federal Reserve, Janet Yellen.
Para a sexta-feira, o cenário deve ser o mesmo, até que a titular do Fed se pronuncie.
Qualquer sinalização de manutenção ou alteração na política monetária pode mudar os
rumos dos negócios.

Mercado Externo

A agenda desta sexta-feira traz, além da fala de Yellen, a divulgação de
importantes indicadores que também devem servir de base para o mercado fazer
suas projeções e para o Fed tomar suas decisões. É o caso da prévia do PIB do 2º
trimestre. Além disso, o mercado está de olho também nos dados da confiança do consumidor.

Mercado Interno

A agenda de hoje não traz indicadores de destaque, o que faz com que as atenções
dos mercados estejam voltadas para Brasília, mais precisamente para o Senado
onde teve início o julgamento do impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Swap

O Banco Central anunciou que irá realizar nesta sexta-feira mais um leilão de swap
cambial reverso, com duração de 10 minutos e marcado para ter início às 9h30.
Serão ofertados até 10 mil contratos com vencimento em setembro, outubro ou
novembro deste ano, ou ainda em janeiro de 2017.

Reserva Cambial

As reservas cambiais do Brasil registraram na quarta-feira (24) posição consolidada
de US$ 377.831 milhões, sendo que terça-feira (23) a posição era de US$ 378.033
milhões. A variação foi negativa em US$ 202 mi.

Fonte: Enfoque
Publicado em: 26/08/2016.

Cenário Cambial – 26-08-2016
Avalie este post!

Deixe uma resposta

Fechar Menu