contato@levycam.com.br

Mercado Cambial

Câmbio – Dólar busca definição de rumos em cenário ainda incerto

Em dia marcado por resultados positivos nos mercados de ações após o feriado de sexta-feira, o dólar comercial encerrou a segunda-feira com desvalorização de 1,4% a R$ 3,1050. O resultado se desenhou em um novo dia sem novidades na agenda política, que segue na expectativa dos avanços das reformas.

A terça-feira mantém a atenção dos investidores aos assuntos internos, com as negociações para a aprovação das reformas em andamento. No caso da Previdência, já é dado o como certo de que o governo deve ceder e diminuir a idade mínima para aposentadoria da mulher. A cena externa merece atenção, principalmente com a decisão da primeira-ministra britânica, Teresa May de convocar eleições.

Mercado Externo

A agenda de terça-feira traz alguns indicadores importantes, como é o caso do número de casas iniciadas no país e também da produção industrial americana em março. O segundo indicador é o mais importante e serve de termômetro da economia dos EUA.

Mercado Interno

A turbulência depois da divulgação dos políticos envolvidos na Lava Jato, como novos vídeos sendo divulgados a cada dia, faz com que o clima em Brasília siga tenso. Nesse contexto, o governo de Michel Temer segue na tentativa de avançar com as reformas.

Swap

O Banco Central realiza na sessão de hoje uma intervenção por meio de rolagem de contratos de swap cambial de maio. Serão oferecidos ao todo até 16 mil contratos com vencimentos para agosto ou outubro.

Reserva Cambial

As reservas cambiais do Brasil registraram na quinta-feira (13) posição consolidada de US$ 375,991 bilhões, sendo que quarta-feira (12) a posição era de US$ 375,596 bilhões. A variação foi positiva em US$395 milhões.

 

Fonte: Enfoque Publicado em: 18/04/2017

Cenário Cambial – 18-04-2017
Avalie este post!

Deixe uma resposta

Fechar Menu