contato@levycam.com.br

Mercado Cambial

Câmbio – Dólar deve seguir atento a cenário após vitória de Trump.

O dólar fechou a semana passada com forte valorização, superior a 5% por conta de algumas notícias
do cenário interno, mas principalmente pelo cenário de incerteza criado pela vitória de Donald Trump à
presidência dos Estados Unidos. A divisa chegou a superar a cada dos R$ 2,50, mas fechou a R$ 2,40.
Para a semana, a expectativa é de ajustes à nova realidade e também com um cenário com importantes indicadores
na agenda econômica, como dados do mercado imobiliário e da inflação dos EUA.

Mercado Externo

Depois de uma semana sem indicadores de destaque na agenda econômica, o período que tem início
no dia 14 reserva indicadores de grande relevância É o caso das vendas do varejo, produção industrial,
inflação ao consumidor e ao produtor. Os números devem servir de base para a decisão do Fomc.

Mercado Interno

Em meio a uma nova realidade, a eleição de Trump que deve aumentar o protecionismo na economia
americana e gerar imprevisibilidade nos negócios, o mercado brasileiro deve buscar uma posição
também em meio ao noticiário político e econômico local.

Swap

O Banco Central decidiu realiza nesta segunda-feira ,mais uma sessão de swap cambial reverso, das
11h30 às 11h40. Desta vez, serão oferecidos até 15 mil contratos, com vencimento em fevereiro e
março de 2017.

Reserva Cambial

As reservas cambiais do Brasil registraram na quinta-feira (10) posição consolidada de US$ 374.758
milhões, sendo que quarta-feira (9) a posição era de US$ 375.559 milhões. A variação foi negativa em
US$ 801 milhões.

Fonte: Enfoque
Publicado em: 14/11/2016.

Cenário Cambial – 14-11-2016
Avalie este post!

Deixe uma resposta

Fechar Menu