contato@levycam.com.br

Mercado Cambial

Câmbio – Em cenário incerto, dólar busca definição de rumo.

O dólar comercial fechou a terça-feira em alta em mais um dia de incertezas e
especulações no que diz respeito ao ajuste fiscal e processo de impeachment na
cena local, além das especulações acerca do aumento, ou não, dos juros
americanos. Nesse cenário, a divisa fechou a R$ 3,235.
Para hoje, a tendência é a mesma dos últimos dias, com qualquer fator externo
tendo poder de afetar os negócios com dólar comercial. Boa parte do mercado
ainda conta com novas quedas na moeda americana com a aprovação do
impeachment e o afastamento definitivo de Dilma Rousseff.

Mercado Externo

A agenda econômica de terça-feira traz como grande destaque o indicador de
vendas de casas existentes nos Estados Unidos. O indicador, apesar de secundário,
é um dos que ajudará ao mercado nas apostas em relação a uma possível elevação
da taxa de juros na próxima reunião do Fomc.

Mercado Interno

A agenda de hoje tem como principal destaque a divulgação do IPCA-15 de agosto,
que é a prévia a inflação oficial. O resultado servirá como base para o mercado
entender de que fora agirá o Banco Central nas próximas reuniões.
O início do julgamento do impeachment de Dilma Rousseff no Senado, marcado para quinta
-feira, é ponto fundamental para o novo patamar que a divisa deve buscar.

Swap

O Banco Central anunciou que irá realizar nesta quarta-feira mais um leilão de
swap cambial reverso, com duração de 10 minutos e marcado para ter início às
9h30. Serão ofertados até 10 mil contratos com vencimento em setembro, outubro
ou novembro deste ano, ou ainda em janeiro de 2017.

Reserva Cambial

As reservas cambiais do Brasil registraram na segunda-feira (22) posição
consolidada de US$ 377.905 milhões, sendo que sexta-feira (19) a posição era de
US$ 377.806 milhões. A variação foi positiva em US$ 99 mi.

Fonte: Enfoque
Publicado em: 24/08/2016.

Canário Cambial – 24-08-2016
Avalie este post!

Deixe uma resposta

Fechar Menu