Fale Conosco: (11) 3295-3999

Cenário do Câmbio 19/03/2024

Navegue

Cenário do Câmbio 19/03/2024

Como estão os mercados pouco depois da abertura do pregão (cotações às 10h19):

  • Ibovespa sobe 0,30%, aos 127.336 pontos
  • Dólar avança 0,39% aos R$ 5,0453 no mercado à vista
  • Juros futuros operam perto da estabilidade, com viés de queda

 

Bolsa Brasileira

O Ibovespa iniciou a sessão desta terça-feira em alta, diante da valorização expressiva do minério, porém, isso pode não ser suficiente para animar o Ibovespa, dada a queda dos índices futuros de ações norte-americanos nesta manhã. Os investidores internacionais adotam postura defensiva, antes da decisão de política monetária nos Estados Unidos, amanhã, após o banco central japonês aumentar os juros pela primeira vez em 17 anos.

Espera-se que o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) mantenha os juros no nível atual mas, em meio à inflação resistente, há temores de que os sinais sejam de uma taxa terminal maior do que a estimada antes. Já o Comitê de Política Monetária (Copom), também nesta quarta-feira, deve cortar a Selic a 10,75% ao ano (de 11,25%), com o mercado ficando atento aos próximos passos do Banco Central.

A agenda de indicadores desta terça-feira internamente é fraca para conduzir o Ibovespa, enquanto os resultados corporativos do quarto trimestre ficam no foco. Braskem, Magazine Luiza, Stone, Vamos e Itaúsa estão entre as empresas que divulgaram seus balanços do quarto trimestre.

 

Dólar

O dólar opera em alta, alcançando o maior nível desde outubro do ano passado na máxima da sessão, alinhado à tendência externa, e apoia um viés positivo da taxa de juros futuros em meio à leitura do boletim Focus e expectativas pelas decisões e sinais das reuniões de política monetária do Fed e do Copom. Os juros dos Treasuries (títulos do Tesouro americano) longos passaram a oscilar perto da estabilidade, apoiando o dólar também, após cederem mais cedo na esteira dos juros dos títulos do governo japonês. As taxas por lá diminuíram devido aos sinais de manutenção de política acomodatícia mesmo após o Banco do Japão (BoJ) elevar os juros.

A falta de indicadores sugere uma manhã de oscilações leves na taxa de juros. Ontem, a sessão foi de alta em toda a sua extensão, com maior ênfase na ponta longa, em um ambiente de cautela antes das decisões de política monetária dos Estados Unidos e do Brasil. Neste momento, as taxas recuam devolvendo a alta de ontem.

 

Cenário do Câmbio 19/03/2024

Fonte: Agência Estado – Broadcast
Data da publicação: 19/03/2024

Levycam Corretora de Câmbio e Valores. Estamos há mais de 90 anos no mercado de câmbio sempre informando as melhores notícias diárias do mercado financeiro. Para essas e outras noticias do mercado financeiro, acesse nosso área do Blog com mais os mais variados artigos sobre o mercado financeiro.
Aproveite para nos seguir nas redes sociais.

Nosso perfil no Instagram
Nossa página do Linkedin

  • Antecipadamente;
  • Antes de mais nada;
  • A princípio;
  • De antemão;
  • Acima de tudo;
  • À primeira vista;
  • Desde já;
  • Primeiramente;
  • Antes de tudo;
  • Sobretudo;
  • Primordialmente;
  • Em primeiro lugar.
  • Ainda mais;
  • Assim como;
  • Do mesmo modo;
  • Bem como;
  • Contudo;
  • Juntamente com;
  • Apesar disso;
  • Em outras palavras;
  • Nesse sentido;
  • Por exemplo;
  • Seja como for;
  • Todavia;
  • Ainda assim;
  • Porém;
  • Além disso;
  • Em outras palavras;

COMUNICADO

Prezados clientes estamos com instabilidade no e-mail, favor priorizar a comunicação por WhatsApp ou telefone