Cenário Cambial – 01-09-2016

Mercado Cambial

Câmbio-Após Copom e impeachment, dólar busca nova posição.

O dólar comercial teve na jornada de quarta-feira desvalorização, em dia que foi
marcado pela aprovação do impeachment e afastamento definitivo de Dilma Rousseff,
bem como da decisão do Banco Central de manter os juros inalterados.
A quinta-feira será marcada pelos desdobramentos dos dados de ontem, principalmente
pela forma que o mercado irá entender a decisão do Senado de manter os direitos
políticos de Dilma. A questão pode demonstrar certa fragilidade na base governista.

Mercado Externo

A agenda econômica de hoje traz indicadores de destaque da economia americana,
como o caso do resultado trimestral do índice que mede a produtividade e o custo
do trabalho nos EUA no segundo trimestre do ano. Além disso, será divulgado
também o resultado trimestral da balança comercial.

Mercado Interno

O dia será de interpretação do mercado dos fatos de ontem, como o impeachment,
a manutenção dos direitos políticos de Dilma e também a manutenção da taxa Selic
por parte do Copom.

Swap

O Banco Central anunciou que irá realizar nesta quinta-feira mais um leilão de swap
cambial reverso, com duração de 10 minutos e marcado para ter início às 9h30.
Serão ofertados até 10 mil contratos com vencimento em setembro, outubro ou
novembro deste ano, ou ainda em janeiro de 2017.

Reserva Cambial

As reservas cambiais do Brasil registraram na terça-feira (30) posição consolidada
de US$ 376.914 milhões, sendo que segunda-feira (29) a posição era de US$ 377.074 milhões.
A variação foi negativa em US$ 160 mi.

Fonte: Enfoque
Publicado em: 01/09/2016.

By | 2016-09-01T08:58:49+00:00 setembro 1st, 2016|Cenário Cambial|