Cenário Cambial – 25-11-2016

Mercado Cambial

Câmbio -Envolvimento de Temer em caso de Geddel pode pressionar dólar nesta sexta-feira

O dólar comercial fechou a quinta-feira com leve valorização de 0,12% a R$ 3,3930 em dia marcado
pelo feriado do Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, o que esvaziou os mercados. No cenário
local, destaque para a repercussão negativa política da tentativa dos deputados de anistiar o crime de
caixa 2.

Após o fechamento do pregão, surgiu a notícia que pode movimentar os negócios em um novo dia que
deve ter um volume menor de negócios. O ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, em depoimento à
Polícia Federal, disse que sofreu pressão do presidente Michel Temer para a liberação da obra que
favorecia Geddel Vieira Lima.

Mercado Externo

Depois do feriado de ontem, os investidores voltam aos trabalhos nesta sexta-feira. No entanto, sem
indicadores de destaque na agenda e com o fechamento antecipado dos negócios na NYSE, a jornada
deve ser mais uma vez de poucos negócios.

Mercado Interno

A sexta-feira será marcada pela volta dos negócios nos EUA, mesmo com um período mais curto e em
meio a um feriado prolongado. As questões políticas devem entrar em ebulição, com os desdobramentos
do depoimento do ex-ministro Marcelo Calero que envolveu o presidente Michel Temer na polêmica com
Geddel Vieira Lima.

Swap

O Banco Central não agendou nenhuma operação de swap cambial reverso para a sexta-feira, seja
para rolagem, seja para novas operações.

Reserva Cambial

As reservas cambiais do Brasil registraram na terça-feira (22) posição consolidada de US$ 372.343
milhões, sendo que segunda-feira (21) a posição era de US$ 373.059 milhões. A variação foi negativa
em US$ 716 milhões.

Fonte: Enfoque
Publicado em: 25/11/2016.

By | 2016-11-25T07:32:07+00:00 novembro 25th, 2016|Cenário Cambial|