Cenário Cambial – 05-10-2016

Mercado Cambial

Câmbio -Dólar sofre pressão diante de possibilidade de alta dos juros dos EUA.

O dólar comercial encerrou a terça-feira com forte valorização, devolvendo assim o resultado de
segunda-feira ao ser cotado a R$ 3,2590 ao final da sessão. O resultado foi uma consequência de uma
reação do mercado diante de uma possível elevação dos juros americanos a partir da reunião de outubro.

A quarta-feira deve ser marcada por um ajuste na cotação nos primeiros negócios, mas o cenário
especulativo pode pesar conforme os acontecimentos do dia. Para hoje, por exemplo, dados do
mercado de trabalho dos Estados Unidos podem influenciar o rumo dos negócios.

Mercado Externo

A quarta-feira traz como grande destaque o indicador de vagas de trabalho no setor privado americano.
A aposta do mercado é para a geração de 170 mil postos de trabalho em setembro. Além disso, os investidores
devem ficar atentos aos dados da balança comercial e dos pedidos às fábricas.

Mercado Interno

A jornada de ontem foi marcada por uma reação do mercado local ao cenário externo, com os investidores
precificando uma possível elevação da taxa de juros da economia americana. No âmbito interno,
a expectativa segue para a apresentação da PEC que vai limitar os gastos públicos nos próximos anos.

Swap

O Banco Central realiza nesta quarta-feira mais uma sessão de leilão de swap cambial reverso. A
operação está marcada para as 9h30 e tem período de duração de 10 minutos. Ao todo, serão oferecidos até
5 mil contratos, com vencimentos em novembro e dezembro de 2016 e janeiro de 2017.

Reserva Cambial

As reservas cambiais do Brasil registraram na segunda-feira (3) posição consolidada de US$ 377.530
milhões, sendo que sexta-feira (30) a posição era de US$ 377.730 milhões. A variação foi negativa em
US$ 200 milhões.

Fonte: Enfoque
Publicado em: 05/10/2016.

By | 2016-10-05T11:17:10+00:00 outubro 5th, 2016|Cenário Cambial|