contato@levycam.com.br | Contato: (11) 3242-3999 | Ouvidoria: 0800 770 7103
Envio de dinheiro para o Exterior: entenda sobre os impostos dessa transação

Enviar ou receber dinheiro do exterior é muito fácil quando você conta com o apoio de especialistas em remessa internacional, pois não apenas a cotação da moeda importa como também as taxas e impostos que fazem parte dessa transação.

Ninguém gosta de pagar impostos, não é mesmo? Mas para quem deseja fazer ou receber remessas internacionais estes encargos são devidos e necessários. 

Seja diante de uma viagem longa ao exterior, um intercâmbio ou até mesmo residir fora do país, a transação entre valores precisa ser feita de forma com que a perda de dinheiro seja a menor possível. 

Conheça a seguir as principais taxas e impostos e o motivo pelos quais elas precisam ser pagas e suas tarifas.

Impostos sobre valores transferidos para o exterior

Primeiramente é importante salientar que toda a transferência de valores do Brasil para o exterior é intermediada por instituições autorizadas pelo Banco Central. Isso quer dizer que você pode optar se deseja fazer a transferência a partir de um banco tradicional ou por meio de provedores online. 

Além disso, também é importante dizer que todas as instituições cobram taxas. As tarifas podem variar de acordo com o tipo de transação e do provedor escolhido para isso.

Conheça agora os impostos que recaem sobre transferências internacionais de valores.

  • IOF – É um imposto federal cobrado em todas as transações financeiras. Este é aplicado tanto para pessoas físicas quanto jurídicas, havendo três tipos de cobrança. 
    • Para envio de dinheiro entre contas bancárias da mesma titularidade o IOF é de 1,1%.
    • Para envio de dinheiro entre contas bancárias de outra titularidade o IOF é de 0,38%
    • Para envio de dinheiro através de cartões de crédito, débito e pré-pago o IOF é de 6,38%
  • Câmbio – Assim é chamada a relação de troca entre moedas de países diferentes pelo mercado financeiro e existem três tipos:
    • Câmbio comercial – Aplica-se às operações de importação e exportação
    • Câmbio Turismo – Aplica-se às operações de compra e venda de moeda estrangeira para gastos em viagens para o exterior. Este é mais caro pois é aplicada sobre o câmbio comercial de cada moeda.
    • Câmbio Ptax – Esta taxa é fixada pelo Banco Central após o fechamento da cotação do câmbio no mercado e assim oferece a média das operações realizadas durante o horário comercial.
  • Tarifa de Envios (SWIFT – Society for Worldwide Interbank Financial Telecommunication).

Este é cobrado para movimentar moedas diferentes entre contas bancárias de diferentes países e pode variar de acordo com cada banco podendo ser aplicado tanto ao remetente quando ao beneficiário da transferência.

Fale com um especialista em remessa internacional

Agora que você já sabe tudo sobre impostos para transferência de remessa internacional deixe a Levycam cuidar de você. 

Fale com os nossos especialistas e faça transações com as melhores oportunidades do mercado.

Fechar Menu
WhatsApp Fale conosco!