contato@levycam.com.br | Contato: (11) 3242-3999 | Ouvidoria: 0800 770 7103
Como a facilidade de concessão de vistos para turistas pode melhorar a compra e venda de dólar

A compra e venda de dólar pelo câmbio turismo pode ser favorecida com as novas regras de concessão de visto a turistas no Brasil.  O acordo – que dispensa a necessidade de visto para entrada no País – foi divulgado pelo Ministério do Turismo, em março deste ano.

Logo, tal medida beneficia turistas americanos, australianos, japoneses e canadenses. Números do Ministério do Turismo apontam que, em 2017, mais de 478 mil turistas dos Estados Unidos chegaram ao Brasil. Após essa mudança, a perspectiva é de que o turismo no País tenha um incremento ainda maior, injetando mais dólares em solo brasileiro.

Então, como isso interfere no câmbio turismo e no sistema de compra e venda de dólar? Bem, isso é o que vamos esclarecer melhor neste post da Levycam – Corretora de Câmbio Online em SP.

Concessão de vistos vs Compra e venda de dólar

De acordo com a Fecomércio, a dispensa do visto para americanos pode resultar em um volume 4 vezes maior de estrangeiros no Brasil. Assim, a estimativa é que os turistas gastem de R$ 6,4 bilhões anualmente, melhorando o cenário econômico atual.

Ou seja, muitos estrangeiros poderão buscar casas de câmbio brasileiras para trocar dólares por moeda local, elevando a venda de dólar.  Portanto, quanto maior o gasto dos turistas, maior quantidade de dólares estará circulando no país. Por consequência, o valor do dólar turismo poderá cair em relação ao valor do real.

Essa é uma notícia boa também para brasileiros que desejam comprar dólar turismo mais barato, a fim de levar a moeda em viagens internacionais.

Como são as regras para compra de moeda estrangeira?

Os brasileiros que pretendem fazer turismo internacional precisam levar consigo uma quantia de moeda local em espécie. Assim, o ideal é que realizem a compra de dólar ou euro em casas de câmbio autorizadas.

Ademais, todas as regras de compra e venda de moeda são definidas pelo Banco Central. Em suma, a compra de até US$ 3 mil requer que o comprador apresente carteira de identidade válida e seu CPF original. Dessa forma, o agente de câmbio pode registrar a operação no Sistema Integrado de Registro de Operações de Câmbio (Sistema Câmbio).

Em contrapartida, transações que ultrapassem a quantia de US$ 3 mil (ou outra moeda estrangeira) exigem que seja feito um contrato de câmbio. Logo, neste contrato ficam estabelecidas as condições da operação e suas características.

Esse tipo de documento também é registrado no Sistema Câmbio. E vale destacar que essa operação precisa ser efetuada em casas de câmbio autorizadas, como é o caso da Levycam Corretora de Câmbio.

Precisando comprar ou vender moeda estrangeira? Fale com a LevycamCorretora de Câmbio Online com anos de expertise no mercado de câmbio.

 

Como a facilidade de concessão de vistos para turistas pode melhorar a compra e venda de dólar
5 (100%) 6 vote[s]
Fechar Menu